Nacional
Salvador Sobral: 'Se tudo correr bem, vai ter uma vida completamente normal', assegura o médico
Salvador Sobral - concerto de despedida nos Jardins do Casino Estoril Foto: Tiago de Paula Carvalho
Vasco Pereira em 20 de Dezembro de 2017 às 15:09

É a notícia que muitos portugueses esperavam. Depois de um longo internamento e de vários meses em lista de espera por um dador compatível, Salvador Sobral tem finalmente um novo coração. Foi no Dia de Nossa Senhora da Conceição, 8 de dezembro, que o músico se submeteu ao transplante, numa cirurgia de “cerca de quatro horas” e que “correu bem em todos os aspetos”, como confirmou o médico responsável pela equipa que operou o cantor.

“Tem estado a evoluir tudo muito bem. O Salvador está muito animado, muito bem-disposto e, até agora, não podemos esperar melhor”, disse o cirurgião Miguel Abecasis, em conferência de imprensa, no dia seguinte à operação. 

De acordo com o médico, o cantor recebeu a notícia de que haveria um coração compatível “com naturalidade” e “estava muito bem preparado” para se submeter à cirurgia.

“Ele é um jovem inteligente e foi percebendo as dificuldades deste tipo de procedimento. Estava muito bem preparado e recebeu muito bem. Só me disse três coisas: Primeiro, perguntou-me se eu estava em forma, ao que respondi que sim, depois perguntou-me se podíamos pôr música. Perguntei-lhe que tipo de música é que ele queria e ele disse que preferia música clássica. E, finalmente, o que me sensibilizou muito, desejou-me sorte”, lembrou Miguel Abecasis.

Sem previsão de quanto tempo mais Salvador ficará hospitalizado, o médico explicou que “há uma série de cautelas a ter nestas primeiras duas semanas” e que se trata de uma “recuperação longa”.

“Se tudo correr bem, ele cairá no grupo de doentes que, à volta dos cinco anos, vai ter uma vida completamente normal”, informou. Internado no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, onde foi realizado o transplante, Salvador Sobral tem recebido as visitas restritas da família e da namorada, Jenna Thiam. “Está toda a gente a encarar isto com muito ânimo”, confirmou à Lux 

Ana Paulo, representante do músico, sobre a forma como a família está a viver esta nova fase. Ânimo que também não falta ao próprio cantor. “Está bem, está bem-disposto. Vocês nunca viram o Salvador com uma postura menos esperançosa, nem em relação à sua vida profissional nem à sua vida pessoal. Ele tem uma capacidade de encarar a vida e um positivismo muito grandes, e é uma pessoa muito inteligente, acima de tudo. Estas coisas precisam também de uma inteligência grande para se lidar com elas... Está tudo bem”, garantiu Ana Paulo.

Com uma nova vida pela frente, o músico, que fez história ao ser o primeiro português a vencer o Festival Eurovisão da Canção, não ficará a saber de quem herdou o coração. “Não sabe nem vai saber”, assegurou o médico José Neves, diretor do Serviço de Cirurgia Cardiotorácica do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, garantindo ser “impossível” obter dados sobre o dador.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção