Internacional

Um programa televisivo em que a repórter entrevista condenados à morte está no top de audiências na China e tem despertado as atenções em outros países ocidentais.

Semanalmente, a repórter Ding Yu, do canal Lega, entrevista um detido condenado à morte, após a equipa estudar a fundo os processos nos tribunais criminais e de obter a consultadoria do juiz, Lui Wenling.

Contudo, o mediatismo internacional parece agora ter ditado o fim do programa «Entrevista Antes da Execução» que começou a ser transmitido no dia 18 de novembro de 2006 e que já entrevistou mais de 200 condenados.

Apesar de a Lega operar em Henan, província no centro da China, e de ser uma das 3000 emissoras estatais de televisão chinesas, após a cadeia britânica BBC ter emitido um documentário intitulado «Dead Men Talking» a curiosidade em torno do programa aumentou e há agora informação de que o programa foi cancelado.

O site China Digital Times deixa no ar a dúvida sobre se os dois factos terão relação directa, até porque não há confirmação oficial do cancelamento do programa, apesar de na página do canal chinês não estar disponível informação acerca do programa.

Veja o vídeo:

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado