Internacional
Vídeo: como uma criança conseguiu o brinquedo dos seus sonhos
James Groccia
Redação Lux em 5 de Dezembro de 2012 às 16:33
James Groccia, uma criança com sindrome de Asperger, uma forma de autismo, brinca com Lego desde os quatro anos, o que tem ajudado no seu desenvolvimento e na aquisição de aptidões sociais.

Aos 8 anos, pediu aos pais o «Emerald Night Train», um set com mais de mil peças e que custava 100 dólares.

A despesa era demasiada para os pais que acharam também que o brinquedo, indicado para 14 anos, não seria ainda apropriado para o filho. Propuseram-lhe que juntasse dinheiro, para incutir noções de responsabilidade, nunca imaginando que a criança não esquecesse o brinquedo. Ao longo de dois anos, James Groccia amealhou copiosamente o dinheiro.

Tinha dez anos quando se dirigiu a uma loja, e depois a outra e a outra e a outra. Ficou desolado quando soube que o brinquedo da Lego fora descontinuado. Já só existiam para colecionadores, por valores muito superiores aos 100 dólares que tinha juntado.

Depois de muitas buscas e da compra de outros brinquedos, Groccia resolveu escrever a Lego, em setembro de 2012. A mãe ajudou e chorou, comovida com o desejo do filho que não cumprira há dois anos atrás. A Lego respondeu lamentando não poder ajudar.

Em vésperas do seu 11º aniversário, em Outubro de 2012, Groccia foi surpreendido com uma encomenda.

Os pais, apercebendo-se do que era, prepararam a câmara para filmar a reação de James. A alegria da criança é enternecedora.

Agradecidos, os pais decidiram agora partilhar a história no YouTube. Num e-mail à NBC News, a Lego confirmou depois ter sido responsável pelo envio do comboio. Revelou que não era prática da companhia mas que ficara sensibilizada com a humildade de James e o seu amor pelos brinquedos.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção