Internacional
Morgan Freeman defende-se de acusações de assédio sexual
Morgan Freeman - Prémios do American Film Institute 09.06.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 4 de Junho de 2018 às 12:00

Morgan Freeman foi acusado de assédio sexual. A denúncia partiu de uma repórter da CNN na qual oito mulheres afirmam que Morgan agiucom “comportamentos abusivos”.

O ator emitiu um comunicado onde se defende:

“Todas as vítimas de assédio sexual e abuso precisam ser ouvidas... Mas não é certo igualar incidentes horríveis de assédio sexual com elogios inapropriados de tom humorístico. Admito que preciso de fazer com que mulheres - e homens - se sintam à vontade ao meu lado. Assim, frequentemente, tentava fazer uma piada e elogiar mulheres, no que eu achava que era algo divertido e leve. Claramente não estava a mostrar a minha intenção. Quero deixar claro; não criei ambientes de trabalho inseguros. Não assediei mulheres. Não ofereci trabalho ou vantagens em troca de sexo. Qualquer sugestão de que eu teria feito isso é absolutamente falsa.”

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção