Internacional
Gwyneth Paltrow processada por acidente de esqui
Gwyneth Paltrow - Gala LACMA Art + Film em Los Angeles 07.11.2015 Foto: Reuters
Redação Lux em 5 de Fevereiro de 2019 às 18:56

Gwyneth Paltrow está a ser processada por causa de um acidente de esqui. Um médico reformado, Terry Sanderson, acusa a atriz de o ter atingido enquanto praticavam ambos esquiem Deer Valley, nos Estados Unidos, há 3 anos. O homem diz não ter conseguido ver quem era porque a pessoa fugiu do local mas uma testemunha assegurou que se tratava da atriz. O médico exige uma indemnização de 2,7 milhões de euros pelas lesões "físicas e mentais" decorrentes do acidente, entre as quais uma suposta lesão cerebral permanente, quatro costelas partidas, "dor, sofrimento, perda de prazer na vida, stress emocional, desfiguramento, ansiedade, depressão e outros problemas de saúde".

"Gwyneth Paltrow sabia que chocar com Sanderson, fazê-lo cair, cair em cima dele e depois fugir do lugar após o acidente que causou era errado, mas fê-lo na mesma", diz a acusação que se estende  ao seu instrutor de esqui, Eric Christiansen, aos empregados do complexo e ao próprio complexo.

Um representante de Paltrow negou o envolvimento da atriz referindo que o processo "não tem fundamento" e que "qualquer pessoa que leia os factos irá concluir isso".

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção