Internacional
Redação Lux em 6 de Dezembro de 2017 às 11:11
Morreu Johnny Hallyday, o 'Elvis Presley francês'
1/6 - Johnny Hallyday - Antestreia de "Rules Don't Apply" - abertura do AFI FEST 2016 em Hollywood 10.11.16 Foto Reuters
2/6 - Johnny Hallyday e Laeticia Hallyday - Antestreia de "Rules Don't Apply" - abertura do AFI FEST 2016 em Hollywood 10.11.16 Foto Reuters
3/6 - Johnny Hallyday e Laeticia - Desfile Dior - Alta-Costura out/inverno 2016/2017 Foto: Reuters
4/6 - Johnny Hallyday e Laeticia - Desfile Dior - Alta-Costura out/inverno 2016/2017 Foto: Reuters
5/6 - Johnny Hallyday e Laeticia - Desfile Dior - Alta-Costura out/inverno 2016/2017 Foto: Reuters
6/6 - Johnny Hallyday - NRJ Music Awards Foto: Reuters

Johnny Hallyday morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 6 de dezembro, aos 74 anos, vítima de um cancro nos pulmões.

O artista francês tinha sido hospitalizado de urgência com uma insuficiência respiratória em novembro. Há uma semana teve alta e morreu na sua casa em Marnes-la-Coquette.

A mulher, Laeticia Hallyday, deu a notícia da sua morte:

"Johnny Hallyday partiu. Escrevo estas palavras sem acreditar. (...) Ele deixou-nos esta noite como venceu tudo ao longo da sua vida, com coragem e dignidade", escreveu a atriz de 42 anos.

O ícone musical, que é considerado o Elvis Presley francês, vendeu mais de 100 milhões de discos suas décadas de carreira. 

Em março do ano passado, Hallyday anunciou que estava a ser tratado a um cancro nos pulmões,  evidenciando que a sua vida não estava em perigo.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção