Internacional
Rainha Isabel II condecora antiga prostituta
Catherine Healy Foto: Reprodução BBC
Redação Lux em 7 de Junho de 2018 às 17:36

A rainha Isabel II condecorou Catherine Healy, uma ex prostituta com a Ordem de Mérito pelos serviços que prestou a favor dos direitos das trabalhadoras do sexo.

Catherine Healy liderou uma bem sucedida campanha para descriminalizar prostituição na Nova Zelândia e o seu trabalho revelou-se fulcral para a criação, em 2003, de uma lei que concedia os direitos de pleno emprego a profissionais do sexo na Nova Zelândia.

"Fiquei surpreendida quando isto aconteceu. Estou em choque", disse Catherine Healy, de 62 anos, à BBC. "Acho que até algumas semanas atrás eu não teria pensado que isso era possível. É indicativo de uma mudança nas atitudes das pessoas e é adorável se sentir apoiado."

Catherine Healy trabalhou como professora de escola primária antes de se tornar uma "trabalhadora do sexo" na década de 1980. Ela refere que ficou chocada com a falta de proteções, especialmente depois de vir de uma profissão sindicalizada como o ensino.

Em 1987, Healy formou o New Zealand Prostitutes Collective (NZPC), que defende os direitos dos trabalhadores do sexo.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção