Internacional
Protesto de negro marca passadeira vermelha dos Globos de Ouro
75.ª edição dos Globos de Ouro Foto: Golden Globes
Redação Lux em 8 de Janeiro de 2018 às 09:00

De acordo com o repto lançado, o preto - em sinal de luto e protesto contra o assédio sexual às mulheres em Hollywood #metoo - marcou a passadeira vermelha da 75ª edição dos Globos de Ouro.

Meryl Streep, Hugh Jackman, Chris Hemsworth, Jessica Biel, Justin Timberlake, Catherine Zeta-Jones, Dakota Johnson, Emma Watson, entre muitos, vestiram-se de preto para a grande gala.

A iniciativa partiu da união de 300 mulheres poderosas de Hollywood, onde se incluem Meryl Streep e Eva Longoria, que criaram um fundo de defesa legal, chamado "Time's Up", para ajudar as mulheres menos privilegiadas a defenderem-se de assédios e abusos sexuais no ltrabalho.

 #WhyWeWearBlack

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção