Internacional
Autópsia revela que Astori morreu devido a um problema cardíaco
Morte de Davide Astori deixa o futebol mundial de luto
Redação Lux em 8 de Março de 2018 às 09:40

A autópsia ao corpo de David Astori revela que a causa da morte do capitão da Fiorentina foi um problema cardíaco.

Antonio De Nicolo, procurador geral da cidade de Udine, explicou à imprensa italiana que "a causa da morte terá sido cardíaca, sem evidências macroscópicas, provavelmente em bradicardia [batimento cardíaco fraco], com congestão polivesceral forte e edema pulmonar".

O ritmo cardíaco de Astori, de 31 anos, abrandou subitamente e os seus os órgãos entraram em falência.

Serão ainda realizados exames histológicos mais aprofundados mas a autópsia evidencia a morte por causas naturais.

Recorde-se que Astori morreu este domingo (04.03.18) num quarto de hotel em Udine, onde a equipa estava instalada para um jogo.

A morte do defesa deixou o futebol italiano, e não só, em choque. O encontro entre a Udinese e a Fiorentina, previsto para hoje, da 27.ª jornada do campeonato italiano de futebol, foi adiado, tal como todos os outros da série A agendados para este domingo.

Davide Astori atuava na Fiorentina desde 2015/2016, depois de passagens por Pergolettese, Cremonese, Cagliari e Roma. jogou 14 vezes pela seleção italiana entre 2012 e 2017.

A FIFA lamentou no Twitter a morte prematura do capitão da Fiorentina com a frase: "Os nossos pensamentos estão com a família e amigos de Davide Astori, que morreu aos 31 anos de idade".

Também a UEFA, usou a rede social Twitter para reagir à notícia. "As nossas mais sinceras condolências à família e amigos do 'capitão' da Fiorentina e internacional italiano Davide Astori", lê-se no Twitter do organismo máximo do futebol europeu.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção