Internacional
Espetáculo de homenagem a Bonga pelos seus 75 anos
Espetáculo de homenagem a Bonga pelos seus 75 anos
Redação Lux em 9 de Agosto de 2018 às 16:23

Bonga é homenageado no dia 5 de Setembro de 2018, na Aula Magna da reitoria de Lisboa num espetáculo que fará uma retrospectiva da sua vida e da sua carreira, desde os seus grandes êxitos da música africana, ao seu tributo a Amália Rodrigues a convite de Ana Moura.

José Adelino Barceló de Carvalho nasce em Angola a 5 de Setembro de 1942, adotando na adolescência o nome de Bonga Kuenda. Com 75 anos,  o cantor angolano é um nome que traduz um homem talentoso, incansável e com uma trajetória de vida digna de uma sequela cinematográfica.

Fundador da Kissueia (folk) e participando em outros tantos, compondo temas a partir dos anos 50/60. Nos anos 60 o seu talento no desporto trouxe-o a Portugal onde se veio a sagrar Campeão Nacional de 400m (atletismo), sob o seu nome de nascença, e, em 1972 já em Roterdão, grava o seu primeiro álbum, Angola 72 seguindo-se Angola 74, numa intervenção de peso a favor da sua terra, então colonizada, e que rapidamente se torna a “banda sonora” da luta pela independência angolana. Quanto à sua intervenção, citando o próprio Bonga, “-perguntem aos políticos dos vários quadrantes que tentaram prejudicar e aliciar sem efeito nenhum, porque Bonga continua igual na divulgação de Angola e do povo africano reencontrado socioculturalmente”.

A partir daí Bonga não mais parou, e a sua carreira musical soma vários êxitos a nível mundial, somando êxitos inesquecíveis nos seus 46 anos de carreira profissional, sendo forte inspiração para as gerações de músicos que lhe seguiram e que o tem como referência.

Bonga teve entrada fulgurante no meio musical internacional, com vários espetáculos, reedições, videos, discos de ouro e platina, menções honrosas e diversos prémios, de salientar em 2004 grande homenagem na cidade de Bremen (Alemanha), 2010 o prémio Cultura de Angola, e em VeraCruz (México), em 2012 disco do ano na Alemanha com o álbum Hora Kota, Best in List, e em 2014 prémio Cavaleiro das Artes e Letras em França e hospede de honra da Ciudad Autónoma de Buenos Aires.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção