Internacional
Tarantino está 'perplexo e destroçado' com as acusações feitas ao seu grande amigo Harvey Weinstein
Quentin Tarantino (2) - Festival Lumiére em Lyon 08.10.16 Foto: Reuters
Redação Lux em 13 de Outubro de 2017 às 16:08

Quentin Tarantino está "perplexo e destroçado" com as alegações de assédio sexual em torno do seu amigo Harvey Weinstein.

O consagrado realizador, que fez todos os seus filmes com a Miramax ou a The Weinstein Company - do qual Harvey foi demitido devido às acusações - disse que precisa de "mais alguns dias" para processar as suas emoções antes de poder prestar uma declaração pública mais aprofundada sobre o tema.

"Nesta última semana fiquei atordoado e desarmado com as acusações que surgiram sobre o meu amigo de há 25 anos Harvey Weinstein . Preciso de mais alguns dias para processar as minhas dores, emoções, raiva e memórias e só aí falarei em público sobre isso ", foi a declaração de Tarantino  partilhada, no twitter, da atriz Amber Tamblyn esta quinta-feira (12.10.17), a seu pedido.

O produtor de 65 anos - cujas acusações foram expostas num artigo do New York Times em que oito mulheres alegam ter sido pagas para manter o seu silêncio - negou muitas das reivindicações feitas contra ele. Revelou, contudo, que está a "tentar o seu melhor" para "obter ajuda". 

"Amigos, não estou bem, mas estou a tentar, tenho de obter ajuda. Estou a aguentar-me e a tentar o dar o meu melhor".

Além de ter sido afastado de sua própria empresa de produção, Weinstein desistiu dos seus cargos em várias organizações de caridade e a sua mulher de 12 anos, Georgia Chapman - com quem ele tem dois filhos, Índia, sete e Dashiell, quatro - anunciou que a separação.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção