Internacional
Pai de Meghan Markle cancela ida ao casamento depois de contratar paparazzo
Meghan Markle - MuchMusic Video Awards Foto: Reuters
Redação Lux em 15 de Maio de 2018 às 15:02

O casamento de Meghan Markle e príncipe Harry, marcado para este sábado (19), enfrenta nova polémica com o pai da atriz americana a revelar que não estará presente na cerimónia após ter sido acusado de combinar fotos com um paparazzo britânico.

Segundo o TMZ, Thomas Markle, que levaria a filha até ao altar, sente-se envergonhado e não quer causar mais problemas à filha, daí ter comunicado que não vai estar presente.

Thomas Markle justificou a sua conduta ao TMZ como uma forma de melhorar a sua imagem que sentia desfavorável pela sucessiva publicação de fotos a beber e  outras situações negativas para sua imagem. Daí ter combinado o paparazzo Jeff Rayner a fazer provas de fato para a cerimónia. com o O pai de Meghan acrescentou que havia recusado várias ofertas generosas por entrevistas.

A irmã de Meghan, Samantha Markle, veio a público assumir a culpa pelas fotos montadas em um tweet publicado nesta segunda-feira (14), segundo o Mirror. "Essa notícia sobre o meu pai é da minha responsabilidade. Os media estavam a deixá-lo com uma imagem ruim, então eu sugeri que ele fizesse fotos positivas para o bem dele e para bem da família real. Nós não imaginávamos que ele seria enganado. Não foi por dinheiro", referiu.

Segundo o jornalista britânico Piers Morgan esta situação "altamente embaraçosa" para o pai de Meghan Markle e para a família real é particularmente penosa para o príncipe Harry que acredita que a mãe morreu como consequência de uma perseguição dos paparazzi e, por isso, a simples ideia de que o sogro está a negociar com paparazzi e eventualmente a lucrar com isso é absolutamente indecorosa. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção