Internacional
Salma Hayek acusa Harvey Weinstein de assédio e ameaça
Salma Hayek - Prémios do Conselho de Governadores de Hollywood 11.11.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 15 de Dezembro de 2017 às 13:57

A poderosa atriz Salma Hayek é a mais recente celebridade a vir a público acusar Harvey Weinstein, o famoso produtor nortte-americano caído em desgraça depois de um movimento sem precedentes de atriozes que levantaram a voz para fazer ouvir acusações graves de assédio e abuso sexual.

Numk texto publicado no The New York Times, sob o título Harvey Weinstein também é o meu monstro", Salma Hayek, de 51 anos, confessa que também foi vítima de assédio pela parte do produtor e que este, inclusive, a ameaçou de morte, face às suas recusas.

"As táticas de persuasão dele iam desde falar coisas doces a fazer promessas, até uma vez em que, num ataque de raiva, disse as palavras mais assustadoras: 'Vou te matar, não ache que não sou capaz'", conta Hayek em artigo publicado na quarta-feira no jornal americano The New York Times.

A atriz de origem mexicana refere episódios de agressão antes e durante as filmagens de Frida (2002), filme pelo qual seria nomeada ao Óscar de Melhor Atriz.

Salma revelou ainda que "só se salvou de uma violação" por ser amiga de Quentin Tarantino George Clooney.

Harvey Weinstein já reagiu negando veementemente as acusaçõies. Num comunicado divulgado pelo seu porta-voz de Weinstein ao USA Today, o produtor afirma: "Todas as alegações sexuais retratadas por Salma Hayek não são precisas e outros que testemunharam os eventos têm opiniões diferentes. O sr. Weinstein não se lembra de ter pressionado Salma para fazer uma cena gratuita de sexo no filme. Entretanto, isso faz parte da história, já que Frida Kahlo era bissexual". 

Leia também:

Conheça as acusações das vítimas de Harvey Weinstein

Irmão de Harvey Weinstein também é acusado de assédio sexual

Harvey Weinstein expulso da Academia do Óscar

Harvey Weinstein foi suspenso de academia britânica BAFTA após denúncias de assédio

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção