Internacional
Brigitte Bardot considera escândalos de assédio 'hipócritas, ridículos e sem interesse'
Brigitte Bardot
Redação Lux em 18 de Janeiro de 2018 às 15:25

Numa entrevista dada à Paris Match, Brigitte Bardot, o grande símbolo sexual dos anos sessenta, desmerece completamente a questão do assédio sexual no mundo do entretenimento de Hollywood tão em foco nos últimos tempos com o escândalo e a queda de Harvey Weinstein.

Na conversa, a propósito do lenaçamento de «Larmes de combat» (Armas de Combate), as suas memórias de militante pela defesa dos animais, Brigitte Bardot, é questionada sobre o tema. A sua resposta é uma crítica à generalidade das atrizes. Mais, a atriz, hoje em 83 anos, faz questão de ressaltar que nunca, jamais foi assediada sexualmente. 

"Em relação às atrizes, e não às mulheres em geral, é, na grande maioria dos casos, hipócrita, ridícula, sem interesse. E toma o lugar de temas importantes que podiam ser discutidos. Eu jamais fui vítima de assédio sexual. E eu achava charmoso que me dissessem  que era linda ou que eu tinha um rabo bonito. Esse tipo de elogio é agradável. Mas há muitas atrizes que se insinuam perante produtores para obter um papel. Então, para se falar delas, vêm dizer que foram assediadas ... Na realidade, isso em vez de as beneficiar, prejudica-as".

Leia aqui parte da entrevista disponibilizada na edição online da revista Paris Match.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção