Internacional
Divórcio de Harvey Weinstein pode valer 10 milhões a Georgina
Harvey Weinstein e Georgina Chapman - Festa pós-Oscars da revista Vanity Fair 27.02.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 19 de Dezembro de 2017 às 11:01

Georgina Chapman pode receber $11.75 milhões de dólares (10 milhões de euros) se avançar com o divórcio de Harvey Weinstein. 

A cofundadora da marca de luxo Marchesa - que se separou do poderoso produtor, de 65 anos, mal vieram a luz as acusações de assédio sexual em outubro - ainda não meteu os papéis para o divórcio, mas o montante que poderá receber se avançar com o processo acaba de subir já que no dia 15.12.17 o casal completou mais um ano de casamento, o décimo. 

Segundo o TMZ, o acordo pré-nupcial assinado em 2007 assegura a Georgina 400 mil dólares por cada ano de casamento a partir do 10º ano de matriomónio. Caso estivessem casados menos de 10 anos, a designer, de 41 anos, só teria direito a 300 mil dólares por ano. Além destes, outros valores relacionados com a subsídio de alojamento e pensão dos filhos também estavam contratualizados com benefícios a partir do 10º ano de casamento. 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção