Internacional
Asia Argento, uma das pioneiras do #MeToo, acusada de abusos sexuais a menor
Asia Argento - 70º Festival de Cinema de Cannes - Cerimónia de abertura 17.05.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 20 de Agosto de 2018 às 14:46

A atriz e realizadora italiana Asia Argento, uma das pioneiras do movimento #MeToo, encontra-se no centro de grande polémica. 

O The New York Times, jornal que lançou o "caso Weinstein", avança agora que a atriz foi acusada de abusos sexuais a um menor.

Segundo a publicação, Asia Argento pagou 333 mil euros pelo silêncio do ator e músico de rock Jimmy Bennet,  que a acusou de abuso sexual quando ele tinha 17 e ela 37, em 2013.

Asia Argento era namorada do chef Anthony Bourdain, que se suicidou por enforcamento aos 61 anos, no hotel onde estava hospedado, em França, no passado mês de junho.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção