Internacional
Morreu Arthur Mitchell, primeira estrela negra do bailado
Arthur Mitchell Foto: DR
Redação Lux em 20 de Setembro de 2018 às 16:47

O norte-americano Arthur Mitchell, um dos primeiros bailarinos afroamericanos, morreu esta quarta-feira (19 de steembro), em Nova Iorque, aos 84 anos.

"Com profunda tristeza, partilhamos a notícia de que o nosso diretor artístico e fundador, o grande Arthur Mitchell, faleceu. O seu legado e paixão, poder e perfeição sobreviverão através de todas e cada uma das pessoas", anunciou o Teatro de Dança de Harlem, fundado pelo bailarino, nas redes sociais.

Foi o mestre coreógrafo russo George Balanchine, considerado o fundador da dança clássica norte-americana, que o convidou Mitchell, a entrar no City Ballet, em 1955. 

Balanchine escolheu Mitchell para protagonizar uma coreografia com uma bailarina branca, Diana Adams, no revolucionário bailado modernista "Agon" (1967), com música de Igor Stravinsky.

Em 1968, após o assassinato de Martin Luther King Jr., Arthur Mitchell decidiu criar o Teatro de Dança de Harlem.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção