Internacional
Natalie Portman recusa prémio em Israel por ‘não apoiar Netanyahu’
Natalie Portman - 23ª Gala de Prémios Screen Actors Guild Awards em Los Angeles 29.01.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 23 de Abril de 2018 às 14:55

 Natalie Portman recusou ir a Israel receber um prémio da  Genesis Prize Foundation. A atriz, de 36 anos, justificou a decisão afirmando não querer ser associada ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Na sequência da recusa da atriz israleista radicada nos EUA, a Genesis Prize Foundation anunciou o cancelamento da cerimónia de entrega daquele que é considerado  o “Nobel judeu”, e que estava agendada para o dia 28 de junho.

O prémio, que reconhece o trabalho e a dedicação de uma personalidade para com a comunidade e os valores judaicos, atribui dois milhões de dólares ao contemplado.

A decisão da atriz está a ser interpretada como uma reação aos confrontos Israel/Palestina que  desde 30 de março resultaram na morte de 38 pessoas e ao uso excessivo da força por parte de Israel.

Natalie Portman, nascida em Jerusalém, explicou que não iria à cerimónia devido a acontecimentos recentes "extremadamente angustiantes" vinculados a Israel, que a impediam de "participar com a consciência livre" do evento.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção