Internacional
Nick Carter dos Backstreet Boys rejeita com revolta acusações de violação
Nick Carter Foto: DR
Redação Lux em 23 de Novembro de 2017 às 10:14

Nick Carter, da boysband Backstreet Boys, foi acusado pela cantora americana Melissa Schuman, ex membro do grupo Dream, de a ter violado em 2002.

O cantor de 37 anos , casado desde 2014 com Lauren Kitt com quem tem um filho, Odin, de um ano, mostrou-se chocado com estas acusações:

“"É a primeira vez que ouço sobre essas acusações, quase duas décadas depois. É contra a minha natureza e a tudo o que eu mais prezo causar desconforto e dor intencionalmente a alguém (...) Estou chocado e triste com as acusações da Sra. Schuman. Melissa nunca me expressou, enquanto estávamos juntos ou em qualquer momento após que qualquer coisa que fizemos não foi consensual. Nós gravámos uma música e apresentamo-la juntos, e eu sempre fui respeitoso e apoiei Melissa tanto pessoalmente como profissionalmente”, disse Nick Carter em declarações à revista "People".

Recorde-se que Melissa Schuman, de 33 anos, publicou no dia 2 de novembro, um longo e pormenorizado relato no seu blog em que acusa Carter de a ter violado em 2002, quando tinha 18 anos. Melissa explica que se beijaram consensualmente mas que não queria ter relações sexuais devido às suas convicções religiosas. Segundo o seu relato, Nick pediu-lhe então que lhe fizesse sexo oral e, a seguir, tê-la-ia forçado a fazer sexo enquanto sussurrava ao seu ouvido a todo o momento: "Eu podia ser teu marido".

Foto: Melissa Schuman/facebook

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção