Internacional
Sírio que trabalhou em filme nomeado aos Óscares impedido de ir à cerimónia
Foto: Óscares/The Academy
 com Lusa em 26 de Fevereiro de 2017 às 11:19

As autoridades de imigração dos Estados Unidos decidiram impedir a entrada de um jovem cineasta sírio que trabalhou no filme “Os capacetes brancos” nomeado para os Óscares, que vão ser entregues na noite de domingo.

Segundo correspondência interna da administração do Presidente norte-americano, Donald Trump, a que a agência Associated Press (AP) teve acesso, o Departamento de Segurança Interna decidiu à última hora impedir Khaled Khateeb de viajar para Los Angeles para assistir à cerimónia dos Óscares.

Khateeb, de 21 anos, devia chegar hoje a Los Angeles num voo da Turkish Airlines procedente de Istambul. Contudo, os planos alteraram-se, depois das autoridades norte-americanas terem reportado a descoberta de “informação depreciativa” relativamente a si.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção