Internacional
Anthony Bourdain não tinha vestígios de drogas no momento da sua morte
Chef Anthony Bourdain - Prémios Emmy para as artes criativas Foto: Reuters
Redação Lux em 25 de Junho de 2018 às 11:00

Anthony Bourdain não tinha nenhum narcótico no seu corpo no momento da sua morte.

O chef, que tirou a própria vida aos  61 anos num quarto de hotel francês no início deste mês, lutou contra o vício das drogas, nomeadamente heroína, e álcool no passado. No entanto, à altura da sua morte, não havia vestígios de substâncias narcóticas no seu corpo, revelou a análise efetuada, segundo referiu Christian de Rocquigny de Fayel - o promotor local encarregado da investigação -   ao jornal New York Times.

A análise revelou um "traço de medicina não-narcótica em dose terapêutica" no seu corpo no momento da sua morte.

Recorde-se que Bourdain se encontrava em França a filmar um episódio do seu programa 'Parts Unknown' quando  foi encontrado morto. Desde o início, o promotor foi muito explícito ao dizer que não havia provas de tivesse ocorrido um crime.

Bourdain deixou uam filha, Ariane, de 11 anos,  do casamento com Ottavia Busia.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção