Internacional
Martina Navratilova condena transexuais em competições femininas
Martina Navratilova (Reuters)
Redação Lux em 26 de Fevereiro de 2019 às 17:21

Martina Navratilova, vencedora de 18 títulos de Grand Slam, publicou um artigo no “The Sunday Times” em que condena a participação de mulheres transexuais em competições femininas.

A atleta foi logo excluída do conselho do grupo LGBT “Athlet Ally”pelos comentários homofóbicos “baseados num falso entendimento da ciência e que perpetua perigosos mitos que atingem as pessoas trans”.

A ex tenista reagiu reafirmando a sua posição no twitter: “É insano e desleal. Fico feliz em falar com mulheres trans da forma que elas preferirem, mas não gostaria de competir contra elas. Não seria justo”.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
pub
Outros títulos desta secção