Internacional
Roger Waters ajuda crianças raptadas a deixarem a Síria
Roger Waters - Concerto de beneficência para as vítimas do Sandy em Nova Iorque Foto: Reuters
Redação Lux em 28 de Janeiro de 2019 às 16:02

Roger Waters  ajudou duas crianças raptadas por um pai jihadista a regressarem da Síria para junto da sua mãe.

As crianças foram raptadas pelo pai há 3 anos, quando tinham 7 e 4 anos. Foram encontradas em 2017 na berma de uma estrada pelas forças curdas sírias, depois do pai morrer em combate e terem sido abandonadas pela madrasta, e viviam num acampamento onde eram mantidos outros familiares de jihadistas que morreram ou foram capturados.

O músico financiou todas as despesas da viagem e advogados e emprestou o seu jato privado para levar a mãe das crianças da sua Trinidad e Tobago natal para a Síria para resgatar as crianças.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção