Internacional
Detido pela polícia, Tiger Woods nega álcool e drogas
Tiger Woods regressa às competições (Reuters)
Redação Lux em 30 de Maio de 2017 às 16:19

O reconhecido golfista Tiger Woods foi mandado parar pela polícia enquanto conduzia de forma suspeita, na Florida.

O antigo número um do ranking mundial foi detido ao nascer do dia e levado para a cadeia de Palm Beach.

O golfista, de 41 anos, ou os seus representantes ainda não comentaram o caso, encontra-se atualmente afastado das competições enquanto recupera de uma cirurgia às costas.

O atleta reagiu às notícias da detenção com uma declaração em que explica que "tudo se ficou a dever a uma mistura de medicamentos".

"Compreendo a gravidade do que fiz e assumo total responsabilidade pelas minhas ações. Quero apenas que o público saiba que o que aconteceu não envolve álcool. O que aconteceu foi uma reação inesperada a medicamentos prescritos. Não sabia que a mistura de medicamentos tinha-me afetado desta forma tão forte. Gostaria de pedir desculpas para a minha família, amigos e fãs. Também espero mais de mim", evidenciou Tiger Woods.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção