Internacional
Angelina Jolie fala pela primeira vez sobre a separação de Brad Pitt
Angelina Jolie na capa da Vanity Fair Foto: D.R.
Redação Lux em 14 de Agosto de 2017 às 08:00

Em entrevista à revista Vanity Fair, Angelina Jolie, de 42 anos, falou sobre o divórcio de Brad Pitt e confessou que esta foi uma das fases mais difíceis da sua vida.

“As coisas tornaram-se difíceis entre nós”, disse, acrescentando ainda que a comunicação melhorou desde o processo de divórcio. “Nós preocupamo-nos um com o outro, tal como com a nossa família. Estamos a trabalhar para atingir o mesmo objetivo. Há raiva e dor, mas não quero que os meus filhos se preocupem comigo”, revelou.

A ex-mulher de Brad Pitt acabou por admitir que tem momentos de grande tristeza, mas faz de tudo para proteger os filhos dos problemas. “Acho muito importante chorar no chuveiro e não à frente deles. Eles precisam de saber que tudo vai ficar bem, mesmo quando não se tem a certeza”, revelou. Meses depois de viver em casas alugadas, juntamente com os seus filhos, Angelina Jolie acaba de comprar uma moradia para onde se mudará em breve.

“Acabámos de passar pela época mais difícil das nossas vidas. Os meus filhos foram muito corajosos. Agora, eles não estão a curar-se do processo de divórcio, estão a curar-se, sim, do que levou ao divórcio: as coisas da vida.”

A atriz procura ultrapassar a situação, tentando ser uma boa mãe para os seus filhos:

“Só quero fazer um bom pequeno-almoço e manter a casa limpa. Essa é a minha paixão. A pedido dos meus filhos, estou a ter aulas de culinária. Estou há nove meses a tentar ser uma boa dona de casa, apanhar o cocó do cão, lavar os pratos e ler histórias para dormir. E está a correr bem.”

Na mesma entrevista, a atriz falou também sobre a sua condição de mulher e reforçou a ideia de que a sua grande preocupação continua a ser a família.

“Realmente sinto-me mais mulher, porque sinto que estou a ser inteligente com as minhas escolhas e estou a colocar a minha família em primeiro lugar. Estou no comando da minha vida e da minha saúde. Acho que é o que faz uma mulher completa”, concluiu.

Angelina Jolie entrou com o pedido de divórcio em setembro de 2016, alegando diferenças irreconciliáveis.

A atriz acusou o ex-marido de maltratar o seu filho adolescente durante um voo de França para Los Angeles, levando a uma investigação pelo FBI. Depois de ser ilibado pelo FBI e por assistentes sociais, o ator, de 53 anos, solicitou a guarda partilhada de Maddox, de 15 anos, Pax, de 13, Zahara, de 12, Shiloh, de 11, e dos gémeos Vivienne e Knox, de 9, enquanto Angelina exigia tutela única.

Brad Pitt admitiu na sua primeira entrevista após o divórcio que beber muito contribuiu para a sua separação. Brad e Angelina estavam juntos desde 2004 e casaram-se em 2014. Na mesma entrevista, a atriz contou ainda que sofreu recentemente uma paralisia facial. “Não posso dizer se é menopausa ou se foi apenas o ano que tive. Às vezes, as mulheres de família colocam-se em último plano até se manifestar a sua própria doença”, disse Jolie à revista Vanity Fair, referindo que, apesar de tudo, os filhos estão sempre em primeiro lugar. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção