Internacional
Redação Lux  com CSS em 3 de Fevereiro de 2016 às 10:47
Após transplante para combater a esclerose múltipla, atriz brasileira afirma: "Estou curada"
1/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
2/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
3/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
4/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
5/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
6/7 - Cláudia Rodrigues Foto: DR
7/7 - Claudia Rodrigues Foto: DR

Cláudia Rodrigues submeteu-se em dezembro de 2015 a um transplante para combater a esclerose múltipla, ​doença que a acompanha desde 2000.

A conhecida atriz brasileira, da série "Sai de Baixo", passou por um rigoroso processo de preparação durante 4 meses, e teve, inclusive, de rapar o cabelo, e de ficar isolada dos amigos e da família, devido a uma série de restruções. No entanto, agora está otimista em relação ao procedimento.

"Tenho a certeza de que estou curada, mas ainda não posso bater o martelo. Preciso esperar seis meses. Somente em junho, após realizar exames, vou poder afirmar que tudo deu certo", sublinhou.

No entanto, nos momentos mais difíceis, Cláudia chegou a pensar por termo à vida.

"Moro no 20º andar, fui para a área da piscina e tirei a rede de proteção para me jogar. Liguei para a Adriane para agradecê-la e ela disse que estava louca, que tinha uma filha e não poderia fazer isso. Ela me fez desistir. Então, pedi perdão a Deus", recordou Claudia, que terá uma biografia escrita pela empresária Adriane, em setembro deste ano.

Afastada há 2 anos da televisão devido à doença, a atriz espera poder regressar em breve ao mundo da representação: "Quero muita saúde e trabalho. Vou voltar a fazer muitas pessoas sorrirem".

"É o ano da virada em minha vida. Entrei e saí do hospital falando isso. Vou voltar com tudo e, se Deus quiser, vou ter um programa como antes. Sinto muita falta de trabalhar", confessou Cláudia, que custeou as despesas do tratamento com o aluguer de propriedades no Rio.


 
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção