Internacional
Redação Lux em 7 de Março de 2017 às 15:02
Revelada a causa da morte de George Michael

Foi finalmente revelada a causa da morte de George Michael. Segundo o relatório divulgado hoje pela polícia londrina, o cantor sofria de problemas cardíacos e hepáticos que levaram à sua morte.

A autópsia revelou que George Michael apresentava cardiomiopatia dilatada (condição que impede o bombeamento eficaz de sangue para o corpo), miocardite (inflamação do músculo cardíaco) e fígado gordo (acumulação de gordura nas células do fígado) que resultaram na sua morte natural no dia 25 de dezembro de 2016.

Recorde-se que a família aguardava por estes resultados, já que a primeira autópsia não tinha sido conclusiva, para providenciar o funeral do cantor.

Uma vez que a causa da morte foi natural, não será aberto um inquérito.

O ex-líder do Wham! será enterrado ao lado da sua mãe, Lesley Angold Panayiotou, num cemitério no norte de Londres. 

O namorado do cantor, Fadi Fawaz, que chegou a ser alvo de rumores que o relacionavam com a morte de George Michael, já reagiu no twitter.

"F**K YOU ... The Truth is out ... (sic)"

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção