Internacional
Redação Lux em 9 de Fevereiro de 2017 às 12:30
Emails comprometedores põem Beckham debaixo de fogo

David Beckham vê o seu trabalho solidário ser posto em causa.

O jogador, que é embaixador da Unicef, é visado numa série de emails comprometedores revelados pelo L'Équipe e pelo The Sun.

Chamados de Football Leaks, os emails em causa, trocados entre David Beckham e o seu responsável pela publicidade, sugerem que as campanhas de caridade protagonizadas pelo antigo jogador serviam apenas para ajudar a que Beckham fosse condecorado com o título de cavaleiro.

Os emails revelam ainda que Beckham recusou doar dinheiro, um milhão de dólares, à UNICEF. "O dinheiro é meu", terá o jogador escrito num email.

Beckham terá também enviado uma fatura de oito mil euros à UNICEF pelos custos da sua viagem solidária ao Cambodja, uma despesa que a organização se recusou a pagar, pois viajara num avião privado pago pelos próprios patrocinadores do antigo jogador.

Ainda que, em 2002, Beckham tenha recebido a distinção de “Oficial da Ordem do Império Britânico”, a categoria máxima de “Cavaleiro” ainda não lhe foi atribuída, algo que Beckham quer muito.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção