Internacional
Redação Lux  com CSS em 17 de Outubro de 2016 às 11:38
Ex-jogador do Porto, Kleber Pinheiro vai ser pai de um menino
1/4 - Kleber Pinheiro e Rafaela Peixoto Foto: Sofia Monteiro
2/4 - Kleber Pinheiro e Rafaela Peixoto Foto: Sofia Monteiro
3/4 - Kleber Pinheiro e Rafaela Peixoto Foto: D.R.
4/4 - Kleber Pinheiro e Rafaela Peixoto Foto: D.R.

 

O ex-jogador do Porto Kleber Pinheiro vai ser pai de um rapaz. O sexo do primeiro filho do atual jogador do Estoril com a jornalista Rafaela Peixoto foi confirmado através de um teste pré-natal não invasivo que o casal realizou na Labco. O nascimento está previsto para dezembro.

"Estou muito ansioso, e receoso ao mesmo tempo. Sempre tive o sonho de ser pai, gostava de ter um casal. E se viesse o rapaz primeiro, ainda melhor, para depois controlar a irmã mais nova (risos). Não pretendo influenciá-lo a ser jogador de futebol, apoiarei qualquer decisão dele. Ao contrário do que se pensa, a vida de jogador de futebol, até chegar à fase profissional, é muito complicada. A decisão de voltar agora esteve intimamente relacionada com a gravidez da Rafaela, não podia ter escolhido outro país para ser pai. Foi aqui que me acolheram e que me deram todas as oportunidades para demonstrar o jogador que sou hoje. Por isso, quando descobrimos que íamos ser pais, falámos em voltar, a oportunidade surgiu, e aqui estamos. Descobrimos que era um menino através do rastreio pré-natal NeoBona, que realizámos por recomendação do nosso médico e de um colega meu do Estoril, que também foi pai há pouco tempo", revelou o futuro papá.

Já a jornalista afirmou: "Pelos chutos que o bebé dá, acho que vai ter muito jeito para o futebol. Estou a ter uma gravidez ótima, não tenho medo da evolução. Talvez apenas algum receio do momento do parto. Os desejos também não têm sido um problema. Acho que só obriguei o Kleber a sair de casa uma vez a meio da noite, quando estava de dois meses, na China. Lá há muito cheiro a fritos e tudo me enjoava. Houve um dia em que não consegui comer nada e, por isso, fomos buscar um hambúrguer durante a noite pois era o mais parecido que tínhamos com a comida de Portugal. Gosto de casas cheias e, por isso, adorava ter três filhos. Sou a filha do meio e, pela minha experiência, considero que um terceiro filho pode acalmar as brigas entre os dois primeiros. E quero tê-los em Portugal, claro. Aqui sentimo-nos mais em casa, temos o apoio da família e até um apoio clínico diferente. Ainda nos falta preparar muita coisa, mas até estamos a ser bastante rápidos pois já entrámos numa fase em que o bebé pode nascer a qualquer momento".

Rafaela e Kleber conheceram-se no Porto, há 3 anos. A sua história começou com uma boa amizade, que depois evoluiu até à chegada deste primeiro filho em comum.

O casal revelou ainda que o casamento está nos seus planos e que pretende realizar uma cerimónia reservada, com amigos e família.

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção