Internacional
Ex-soldado transexual Chelsea Manning anuncia candidatura ao Senado
Chelsea Manning fotografada por Annie Leibovitz para a Vogue
Redação Lux  com AA em 14 de Janeiro de 2018 às 17:59

O ex-soldado transexual Chelsea Manning anunciou que vai concorrer ao Senado dos EUA, como democrata no Maryland e enfrentar o favorito Ben Cardin.

Manning, de 30 anos, apresentou a candidatura na Comissão Eleitoral Federal com uma morada em North Bethesda, no estado de Maryland, e e volta ao centro das atenções depois de ter sido condenada e libertada antecipadamente pela ligação ao caso WikiLeaks.

Conhecido como Bradley Manning no momento da prisão, em 2010, o ex-analista dos serviços de informação militares, traidor para uns herói para outros, foi condenado a 35 anos de prisão pela divulgação de mais de 700 mil documentos militares e do Departamento de Estado na página Wikileaks.

Manning saiu da cadeia em maio passado da prisão, ao fim de sete anos detido, depois de o então Presidente Barack Obama lhe te concedido clemência.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção