Internacional
Exame revela que Chris Cornell tinha cinco medicamentos diferentes no corpo
Chris Cornell 1024 - Março 2017 - Foto: Reuters
Redação Lux  com AA em 4 de Junho de 2017 às 16:50

Chris Cornell teria cinco medicamentos diferentes no corpo na altura da sua morte, revelou exame toxicológico, divulgado pelo site TMZ.

O cantor, de 52 anos, tomou quatro comprimidos de Lorazepam, um relaxante muscular e sedativo, que pode ter como efeito secundário 'pensamentos suicidas' e outros quatro tipos de medicamentos antes de morrer, de acordo com o site.

Recorde-se que o corpo do vocalista do Soundgarden foi encontrado na casa de banho de um hotel, em Detroit, após um concerto no passado dia 17 de maio.

Os médicos legistas confirmaram a causa da morte como suicídio por enforcamento.

Já a família e o advogado de Chris Cornell acreditam que a morte tenha sido acidental, causada por doses exageradas de um medicamento.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção