Internacional
James Franco premiado em San Sebastián
James Franco premiado em San Sebastián 30.09.17 Foto: Reuters
Redação Lux em 5 de Outubro de 2017 às 14:29

"The disaster artist", de James Franco, foi premiado em San Sebastián.

A comédia é uma homenagem a Tommy Wisau, realizador de "The room" ("A sala"), considerado o pior filme do mundo, e é também um retrato da indústria cinematográfica norte-americana, e levou para casa a Concha de Ouro de melhor filme no Festival de Cinema de San Sebastián, em Espanha.

O filme do norte-americano James Franco já tinha sido distinguido no festival com o Prémio Feroz Zinemaldia, concedido pela imprensa especializada.

Pela primeira vez, a Concha de Prata de melhor realizador foi entregue a uma mulher, a argentina Anahí Berneri, pelo filme "Alanis", protagonizado pela compatriota Sofía Gala Castiglione, que ganhou a Concha de Prata de melhor atriz.

O romeno Bogdan Dumitrache, que dá corpo a um pai desesperado à procura da filha desaparecida, recebeu a Concha de Prata de melhor ator, em "Pororoca", de Constantin Popescu.

O filme "Handia", dos realizadores bascos Aitor Arregi e Jon Garaño, obteve o Prémio Especial do Júri.

"The captain" ("O capitão"), coproduzido por Paulo Branco, venceu o Prémio do Júri para a melhor fotografia.

O filme, coproduzido pela Alfama Films, de Paulo Branco, foi exibido em competição no Festival de San Sebastián, após a estreia mundial no Festival de Toronto, no Canadá.

Em competição estavam três filmes portugueses - "Spell Reel", de Filipa César, "Flores", de Jorge Jácome, e "De madrugada", de Inês de Lima Torres - que não conquistaram qualquer prémio.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção