Internacional
Nate Parker, de “The Birth of a Nation”, recusa pedir desculpas sobre caso de violação
Nate Parker - Antestreia de "The Birth of a Nation", em Hollywood 21.09.16 Foto: Reuters
Redação Lux  com AA em 1 de Outubro de 2016 às 17:56

Nate Parker, realizador e astro de “The Birth of a Nation”, drama sobre escravidão, disse que não vai pedir desculpas em relação à acusação de violação há 17 anos, que tem desviado a atenção do filme que já foi apontado como um favorito ao Oscar.

Parker, de 36 anos, afirmou a Anderson Cooper numa entrevista que será transmitida no domingo no “60 minutes” da CBS News, que foi absolvido no julgamento em 2001 e pediu às pessoas que olhem para além desse episódio e se foquem no filme.

A acusação de violação e a revelação, em agosto, de que quem acusava Parker se suicidou em 2012 dominam as conversas sobre o filme.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção