Internacional
Lar na Holanda oferece alojamento a jovens estudantes
Programa intergeracional na cidade holandesa Deventer
Redação Lux em 12 de Maio de 2017 às 19:00

Um projeto que pretende acabar com a solidão na terceira idade, e ao mesmo tempo promover o convívio entre gerações. A casa de repouso Humanitas, na Holanda, permite que os estudantes vivam com os idosos. Em troca da renda, pedem companhia. Os estudantes têm de passar, pelo menos, 30 horas por mês com os residentes.

Segundo os funcionários do lar, os jovens fazem várias atividades com os mais velhos, desde desporto a festas, e visitam os idosos acamados e doentes. Os estudantes ajudam, assim, a inverter a tendência do aumento da mortalidade, já que um estudo da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos aponta como causas o isolamento e a solidão na terceira idade.

O projeto começou há dois anos, e neste momento seis estudantes estão a ser acolhidos na casa de repouso, onde convivem com mais de 150 idosos.

Felizmente o programa não é único no mundo. De acordo com a Associação Internacional de Casas e Serviços para o Envelhecimento, já existe em vários países. Em Espanha, por exemplo, projetos como este já existem em mais de 20 cidades.

Também Portugal tem acolhido a iniciativa. Exemplo disso é o projeto “Lado a Lado”, promovido pelos alunos da Universidade de Coimbra.

Veja aqui o vídeo sobre sobre o impacto destes programas intergeracionais na Holanda:

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção