Nacional
Jéssica Augusto sexta na Maratona de Londres com segunda marca nacional
Jéssica Augusto
Redação Lux em 13 de Abril de 2014 às 14:04
A portuguesa Jéssica Augusto classificou-se este domingo (13) em sexto lugar na Maratona de Londres, com um novo recorde pessoal de 2:24.25 horas, a segunda marca nacional de sempre, em prova ganha pela queniana Edna Kiplagat.

A outra portuguesa em prova, Dulce Félix, foi oitava, com 2:26.46, a pouco mais de um minuto do seu recorde pessoal, enquanto Kiplagat gastou 2:20.20, terminando dois segundos à frente da compatriota Florence Kiplagat e com 14 de vantagem sobre a etíope Tirunesh Dibaba, campeã mundial e olímpica dos 10.000 metros.

Jéssica Augusto fez uma prova cautelosa, com uma segunda metade mais rápida do que a primeira: passou à meia-maratona em 1:12.33 e fez a segunda metade em 1:11.52, melhorando em oito segundos o seu recorde pessoal, que fora conseguido na sua estreia, em Londres, há três anos, com 2:24.33.

Agora detentora da segunda marca nacional de sempre, a seguir ao recorde de Rosa Mota, 2:23.29 horas, fixado em Chicago, em 1985, a atleta de Braga ultrapassou a ucraniana Tatyana Gamera-Shmyrko antes dos 40 km, classificando-se como a melhor não africana na prova.

Tal como Jéssica Augusto, Dulce Félix cedo ficou isolada e, embora não muito distante, foi perdendo terreno. No final, foi oitava a um minuto e seis segundos do seu melhor, conseguido na Maratona de Nova Iorque, em 2011, e terminou à frente da etíope Tiki Gelana, campeã olímpica.

Campeã mundial em 2013, Edna Kiplagat conseguiu finalmente ganhar a Maratona de Londres, depois de ter sido segunda em 2012 e 2013. Derrotou na parte final, e por escassos dois segundos, a sua compatriota Florence Kiplagat, recordista mundial da meia-maratona e vencedora da Maratona de Berlim em 2013.

A vencedora do ano passado, a também queniana Priscah Jeptoo, desistiu ainda antes dos 30 km.

A prova masculina foi ganha pelo queniano Wilson Kipsang, com 2:04.29, novo recorde da Maratona de Londres. Kipsang é o recordista mundial, com 2.03.23 na Maratona de Berlim de 2013.

O britânico Mo Farah, campeão olímpico de 10.000 e 5.000 metros e campeão mundial da dupla légua, foi oitavo na estreia, com 2.08.21, aquém do recorde britânico de Steve Jones, que gastou 2.07.13 em 1985.

Lusa
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção