Nacional
Vídeos: Cândida Branca Flor morreu há 10 anos
Cândida Branca Flor
Redação Lux  com IP em 11 de Julho de 2011 às 17:38
Cândida Branca Flor morreu há 10 anos. A cantora de «Trocas e Baldrocas» colocou termo à vida a 11 de Julho de 2001 através da ingestão de álcool e comprimidos.

Cândida Branca Flor foi encontrada morta na sua casa, em Massamá, onde vivia sozinha na tarde de quarta-feira, 11 de Julho. Tinha 51 anos e 25 de carreira.

Foi na televisão que Cândida Branca Flor se revelou, em 1976, ao lado de Júlio Isidro na apresentação do «Fungagá da Bicharada». Ainda nesse ano, a sua voz chamou a atenção no álbum «Coisas do Arco da Velha» da Banda do Casaco (ainda com o nome Cândida Soares).

Mas foi só mais tarde que Cândida Branca Flor (nome adotado a partir de uma canção da Banda do Casaco) se lançaria como cantora, exatamente com a edição da banda sonora do «Fungagá da Bicharada».

Em 1978, Branca Flor participou pela primeira vez no Festival RTP da Canção com «A Nossa História de Amor», antes de regressar por duas vezes ao mesmo Festival, ao lado de Carlos Paião, com quem cantou dois dos seus maiores êxitos ¿ «Trocas e Baldrocas», em 1982, e «Vinho do Porto», em 1983.

Ídolo das crianças de finais de 70 e inícios de 80, Cândida Branca Flor editou oito discos entre 1978 e 1993, direcionada ao público infantil

O último espetáculo realizado pela cantora em Pero Negro (concelho do Sobral do Monte Agraço), uma semana anterior à sua morte foi um flop: apenas assistiram 30 pessoas

Recorde, abaixo, a participação da cantora no Festival da canção com o tema «Trocas e Baldrocas» e «Vinho do Porto»:





Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção