Nacional
Virgílio Castelo e Maria Lucena separam-se ao fim de 10 anos de casamento
Apresentação da Nespresso Pixie no Coliseu dos Recreios (Lux)
Nair Coelho em 19 de Outubro de 2012 às 09:01
Virgílio Castelo e Maria Lucena separaram-se. O ator, de 59 anos, e a fotógrafa, de 42, decidiram colocar um ponto na final na relação que durava há 10 anos e da qual nasceram Violeta, de 8 anos, e Sancha, de 3.

A decisão não foi tomada de ânimo leve e só depois de ponderarem durante os últimos dois meses é que chegaram à conclusão de que o melhor seria mesmo cada um seguir o seu caminho, sem que isso interferisse na admiração e no respeito que sentem um pelo o outro. Esses ficarão para sempre. A Lux sabe que não houve terceiras pessoas envolvidas na decisão do ex-casal, nem ciúmes provocados pelo facto de Virgílio Castelo se preparar para fazer par romântico com Alexandra Lencastre, com quem foi casado no início da década de 90, na próxima telenovela da TVI.

No fundo, perceberam que os sentimentos que os uniram quando se conheceram já não eram fortes o suficiente para ultrapassarem as diferenças que entre eles existiam. Diferenças essas que, se no início os atraíram e os completavam, acabaram agora por os afastar.

Ao longo dos anos, o ator e a fotógrafa nunca esconderam que tinham formas totalmente opostas de encarar a vida. «Há uma frase do Séneca que é o nosso retrato: «O homem que sofre antes de ser necessário sofre mais do que o necessário.» E eu estou sempre a sofrer mais do que é necessário. A Maria sofre só o que é necessário. Ela tem uma perspetiva de vida muito mais positiva do que a minha. Ela é um sol comparada comigo», disse Virgílio Castelo, durante a viagem que fez em maio deste ano à Disneyland Paris, na companhia das filhas mais novas e da fotógrafa com quem nunca chegou a oficializar a relação. «Nunca nos casámos, mas estamos o mais casados que é possível estar. Quando a vontade e a entrega são totais, não se pode estar mais casado», revelou o ator, numa outra ocasião.

irgílio Castelo e Maria Lucena, que decidiram ter a guarda partilhada das filhas, tudo têm feito para que a decisão que tomaram não interfira no seu bem-estar. Garantir que continuem a ser «duas crianças fantásticas e atinadas», como uma vez se referiu a Violeta e a Sancha, é a principal preocupação do ator, que deseja proporcionar-lhes uma infância feliz e despreocupada, bem mais sorridente do que a que ele próprio viveu.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção