Nacional
Daniel Oliveira chora a morte da avó
Daniel Oliveira- Apresentação da coleção de joalharia de Ricardo Pereira com a Anselmo 1910 (11.10.16) Foto: Ricardo Santos/Lux
Redação Lux em 3 de Novembro de 2016 às 11:40

Daniel Oliveira chora a morte da avó.

“Faria hoje 74 anos. É o seu primeiro aniversário da minha vida que não se cumpre! Há muito que tinha partido, mas só há muito poucas semanas sossegou, como uma vela que se cansa no fim. Carregou-me quando eu mais precisava... Nasceu anonimamente, sofreu anonimamente e concluiu-se da mesma forma. Como milhões de outras pessoas. A diferença é que só ela era a minha avó Celeste! Aquela que me leva a pé e à chuva ao infantário, de onde aceno, chorando que não me deixe! Cumpriu sempre. Ainda agora...”, escreveu. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção