Nacional
Redação Lux em 4 de Maio de 2018 às 15:29
Joana Providência estreia 'Rumor' no palco do TNSJ
1/2 - Rumor © Pedro Figueiredo
2/2 - Rumor © Pedro Figueiredo

Quinze anos depois da apresentação de Pioravante Marche, de Samuel Beckett (2003), a coreógrafa Joana Providência estreia Rumor, no Teatro Nacional São João (TNSJ). Partindo da obra do pintor, escultor, fotógrafo e realizador Christian Boltanski, Rumor – que estará em cena de 11 a 13 de maio – integra o ciclo de coreografias que a criadora tem vindo a produzir e que têm como denominador comum a referência a obras de artistas plásticos contemporâneos.

O espetáculo integra a programação da terceira edição do Festival DDD – Dias da Dança.

“Somos importantes, porque somos únicos, mas ao mesmo tempo somos facilmente esquecidos”. A frase é de Christian Boltanski, que tem criado um universo criativo centrado na sua vida pessoal (real ou ficcionada), trabalhando temas como a infância, a memória, a morte e o esquecimento. Joana Providência recorre ainda aos registos e testemunhos de presos políticos portugueses para procurar um reflexo vivo do contexto social e político de uma ditadura, fazendo de Rumor uma busca pela “pequena história” que há dentro da História.

Com direção de Joana Providência, o espetáculo conta com a interpretação e cocriação de António Júlio, João Vladimiro, Liliana Garcia, Maria do Céu Ribeiro, Liliana Oliveira e Magda Almeida.

O espetáculo pode ser visto sexta-feira, às 22h00; sábado, às 19h00; e domingo, às 17h00. O preço dos bilhetes varia entre 7,50 e 16 euros.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção