Nacional
Catarina Furtado inaugura nova ala hospitalar na Guiné-Bissau
Catarina Furtado inaugura Nova ala hospitalar na Guiné-Bissau Foto: Divulgação
Redação Lux em 6 de Dezembro de 2018 às 15:47

Catarina Furtado inaugurou hoje, na Guiné Bissau, às 10H00, um projeto da sua Associação Corações Com Coroa: a criação de uma Nova Ala da Maternidade do Hospital Nacional Simão Mendes destinada aos serviços de Obstetrícia e Ginecologia.

Com equipamento hospital doado à CCC pela Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, este projeto tem como objetivo reduzir a mortalidade materna e neonatal neste país.

Juntamente com a Ministério da Saúde Pública, Família e Coesão Social da Guiné-Bissau, e da Direção Geral da Administração do Sistema de Saúde, Catarina Furtado deu o arranque ao projeto “Tamo Junto com a Guiné-Bissau, pela saúde de todas as mulheres, jovens e crianças”.

Para a embaixadora do UNFPA e presidente da Coracoes Com Coroa, este é o concretizar de um sonho que veio desenvolvendo ao longo de várias visitas à Guiné-Bissau.

“Enquanto Mulher, Mãe, presidente da CCC e Embaixadora do UnFPA nunca mais esqueci as mortes maternas e neonatais evitáveis a que assisti aos longo de mais de 13 anos. Perante a possibilidade de poder dar melhores condições e mais dignas às mulheres e aos profissionais de saúde da Guiné Bissau, tinha que agir e depressa! E aqui estamos: nesta bonita e muito emocionante cerimónia, que marca o início de uma nova etapa para as meninas, raparigas e mulheres.”

Desde setembro que a CCC juntamente com a Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira juntou esforços e conseguiu equipar 9 enfermarias da Nova ala do serviço de Obstetrícia e Ginecologia, e uma nova sala CCC dentro da Maternidade , com o remanescente do material a ser distribuído por outros serviços do mesmo hospital, tais como Neonatologia, Pediatria, Cuidados Intensivos, Ortotraumatologia, Fisioterapia, 4º Medicina de Homens, 1ª Medicina Mulheres. 

Foi ainda possível para a CCC oferecer  material para outras instalações de saúde na Guiné-Bissau, tais como o Centro de Saúde de Fulacunda, o Centro de Saúde de Urok, o Centro de Saúde do Bairro Militar e o Centro de Acolhimento Casa Somori.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção