Nacional
Francisco Varatojo desaparecido no mar desde quinta-feira
Francisco Varatojo Foto: Instituto Macrobiótico de Portugal
Redação Lux em 7 de Julho de 2017 às 09:49

Francisco Varatojo desapareceu esta quinta-feira (6 de julho) ao largo do Cabo Espichel, em Sesimbra, quando se encontrava a fazer mergulho.

O alerta foi dado por volta das 12h00 quando o grupo com que praticava mergulho voltou à superfície e deu falta do diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal.

As autoridades foram imediatamente alertadas. As buscas foram interrompidas na quinta-feira (06.07.17) ao pôr-do-sol e  retomadas às 06:30 de hoje, disse uma fonte da Marinha à Lusa.

Fonte do Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo adiantou à Lusa que as buscas foram retomadas com vários meios da Polícia Marítima e uma aeronave da Força Aérea.

Francisco Varatojo, director do Instituto Macrobiótico de Portugal, em conjunto com a mulher, Geninha Horta Varatojo, e é desde há muitos anos reconhecido como um dos consultores macrobióticos mais qualificados, sendo procurado regularmente pelos principais centros europeus para seminários e consultas.

Começou a estudar Macrobiótica em 1977 e foi o fundador do Instituto Kushi, após ter estudado no Instituto Kushi de Boston, onde foi assistente pessoal de Michio Kushi. O seu principal interesse reside na aplicação dos princípios macrobióticos à área da cura natural e resolução de problemas sociais.

É autor de "Mente Sã, Corpo São", do "Pequeno Livro da Saúde Natural", "Livro de Diagnóstico Oriental", "Ki das 9 Estrelas", "Alimentação Macrobiótica" "Fundamentos do Pensamento Oriental e Macrobiótico", "Remédios Caseiros" e de cd's e vídeos sobre saúde. É co-autor de "Deliciosas Receitas Macrobióticas".

Foi presidente da "International Macrobiotic Assembly" durante 6 anos e um dos responsáveis por uma clínica internacional em Espanha.

Em 2010 foi agraciado com o prémio "Aveline Kushi Award" pelo seu trabalho e dedicação por um Mundo melhor.

Dá regularmente aulas e conferências nos principais países Europeus e nos Estados Unidos da América.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção