Nacional
Redação Lux em 11 de Janeiro de 2017 às 14:35
Rita Ferro Rodrigues deixa mensagem emocionada na despedida a Mário Soares
1/3 - Rita Ferro Rodrigues - Cerimónias fúnebres - Adeus a Mário Soares 09.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux
2/3 - Fernanda Câncio e Rita Ferro Rodrigues - Cerimónias fúnebres - Adeus a Mário Soares 09.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux
3/3 - Rita Ferro Rodrigues - Cerimónias fúnebres - Adeus a Mário Soares 09.01.17 Foto: Artur Lourenço/Lux

 

Hoje despedi-me do Mário Soares. 
Tenho 40 anos. 
Fui aos Prazeres dizer -lhe Adeus e dizer -lhe Obrigada e quando, no meio da ventania se ouviu a sua voz gravada, um braço meu enlaçava a minha filha Leonor, o outro a sua irmã Maria e nos rostos adolescentes de ambas, as primeiras lágrimas lentas.

Uma tem 14, outra 16. 
Conhecem a história do país onde vivem. 
Vi amigos de esquerda e de Direita de olhos fixos na urna, mudos e gratos. 
Democratas, todos. Pessoas como Soares, com virtudes e defeitos, vergando -se perante a memória de alguém que esteve sempre do inequívoco lado da Liberdade. 
Vi homens fardados bater a continência a chorar 
E mulheres de avental a gritar " Soares é fixe , o resto que se lixe ". Ouvi a Isabel e o João - e lembrei -me que todos somos crianças perante a morte dos nossos colos. 
Depois a ventania passou e regressámos a casa. 
Eu, a Leonor e a Maria. E o Bochechas, claro.
Porque há despedidas que são o início de um caminho. E conseguir em vida (e na morte ) inspirar caminhadas de outros , é só para os maiores e os mais fixes.
🌹

Leia também:

Mário Soares: Cerimónias fúnebres terminam no cemitério dos Prazeres com fortes aplausos

Fotos: Cerimónias fúnebres - um último adeus a Mário Soares 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção