Nacional
Luciana Abreu: 'Só parte de mim voltou a casa'
Daniel Souza e Luciana Abreu Foto: Facebook
Redação Lux em 11 de Janeiro de 2018 às 17:00

Depois de um parto prematuro, e já livre de perigo, Luciana Abreu deixou a Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, e regressou a casa. Porém, as filhas recém-nascidas permanecem internadas naquela unidade hospitalar. Angustiada, mas esperançosa, a cantora, de 32 anos, tem atualizado o estado de saúde das gémeas através do seu perfil de Instagram, rede social onde contou que o regresso a casa foi um misto de emoções.

“Voltei para junto da família, dos amigos e de todos os que me querem bem... Só parte de mim voltou a casa, porque lá dentro ficam as minhas filhas e os enormes profissionais a tomar conta delas por mim, de forma a que brevemente eu possa voltar completa, embora deixando lá parte do meu coração.”

As bebés nasceram no dia 23 de dezembro, três meses antes do previsto, porque sofriam de síndrome da transfusão feto-fetal – condição na qual os fetos dividem a mesma placenta, através da qual são alimentados e nutridos. Os problemas de maior que podem advir dessa condição são causados pelo desequilíbrio de fluxo sanguíneo, que em alguns casos chega aos dois fetos em diferentes quantidades. Os que sobrevivem têm risco aumentado de distúrbios neurológicos, cardíacos e de alterações do desenvolvimento. Confiante na recuperação das filhas, que estão permanentemente vigiadas na maternidade, Luciana Abreu teceu elogios à equipa médica que as tem acompanhado. “

Jamais, eu e o Daniel, vamos esquecer o grande apoio que nos deram, desde a Maternidade do Hospital de Cascais até à MAC [Maternidade Alfredo da Costa], fazendo-nos sentir seguros e orgulhosos do Serviço Nacional de Saúde. É nestas situações e nestes momentos que ficamos a perceber o elevado gabarito dos nossos profissionais”, enaltece.

Foi também nas redes sociais que Luciana Abreu e Daniel Souza anunciaram o nome das filhas. “É com muita 
alegria que vos damos mais duas boas notícias. As nossas filhas gémeas, Amoor Viktória e Valentine Viktória, continuam na luta pela vida”, revelam. 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção