Nacional
Operação Marquês: Tribunal da Relação rejeita afastamento do juiz Carlos Alexandre
José Sócrates - Funeral de António Almeida Santos 20.01.16 Foto: Tiago Frazão/Lux
Redação Lux em 11 de Outubro de 2016 às 18:44

 A defesa de José Sócrates considerou hoje que a decisão da Relação de manter o juiz Carlos Alexandre na Operação Marquês traduz uma "oportunidade perdida de um tribunal superior fazer este processo respeitar a lei e o direito".

Em comunicado, a defesa do ex-primeiro-ministro refere que, não tendo o acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa entendido que as palavras de Carlos Alexandre, em entrevista à SIC, eram dirigidas a José Sócrates, entende que foi "uma oportunidade perdida" deste tribunal superior de fazer com que o processo Operação Marquês respeite a lei e o direito.

A Relação recusou afastar o juiz Carlos Alexandre como pretendido pelos advogados de defesa João Araújo e Pedro Delille, na sequência de declarações proferidas pelo magistrado do Tribunal Central de Instrução Criminal.



   

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção