Nacional
Catarina Coutinho em 13 de Dezembro de 2017 às 16:00
Fotos: Alberta Marques Fernandes dedica o livro 'Mulheres na Política' aos homens da sua vida

 Alberta Marques Fernandes dedica o livro 'Mulheres na Política aos quatro irmãos, que, revela, “são os meus pilares, os homens mais importantes da minha vida”

"Combativas, desempoeiradas, modernas (…) De convicções fortes, não se amedrontam com o facto de o caminho na política ser mais difícil para as mulheres.” É assim que Alberta Marques Fernandes começa por retratar Assunção Cristas, Catarina Martins, Cecília Meireles, Isabel Moreira, Mariana Mortágua, Rita Rato e Teresa Leal Coelho, sete mulheres que se têm afirmado na política portuguesa.

Na primeira pessoa, partilham as suas histórias, os sonhos e os desafios que enfrentam num universo que é, ainda, maioritariamente masculino. Orgulhosa do seu segundo livro, a autora revela que se sentiu honrada pela oportunidade de ouvir cada testemunho.

“São senhoras magníficas, que com imensa generosidade confiaram em mim para contar as suas histórias. Não tenho palavras para lhes agradecer a confiança e o privilégio de as conhecer melhor. Acho que quem ainda não leu o livro ficou com vontade de o ler, e não é por mim, é por aquilo que elas foram capazes de contar”, revela.

Alberta Marques Fernandes ressalva, contudo, que há ainda muito trabalho a fazer na sociedade em matéria de igualdade de género, e que “quando este tipo de livros deixar de ter relevância, é quando a igualdade de género acontecer”.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção