Nacional
Condenados por extorsão à estilista Micaela Oliveira
Micaela Oliveira Foto: Arquivo Lux
Redação Lux em 14 de Dezembro de 2017 às 10:33

A conhecida estilista Micaela Oliveira encerrou finalmente o processo em que foi vítima de chantagem e quer remonta a 2014.

O Tribunal de Santo Tirso condenou, esta quarta-feira (13.12.17), um jovem a três anos de prisão efetiva e o seu pai, por cumplicidade a um ano e meio de prisão, pela extorsão de 24 mil euros à estilista Micaela Oliveira, sob ameaça de divulgação de imagens alegadamente comprometedoras da filha.

O tribunal determinou ainda que os arguidos terão de pagar, solidariamente, uma indemnização de 25 mil euros a Micaela Oliveira.

O estudante, na altura com 18 anos, entrou no círculo de amigos da filha da estilista e engendrou um esquema de extorsão de 24 mil euros à empresária, em troca de vídeos comprometedores da filha de 18 anos.

Micaela Oliveira denunciou a extorsão de que estava a ser vítima e colaborou com o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santo Tirso para apanhar os criminosos em flagrante.

O jovem foi detido em fevereiro de 2014 pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Santo Tirso, à saída do atelier da estilista, na Trofa, onde tinha ido buscar o dinheiro. No exterior, aguardavam-no o pai e uma mulher, de 50 anos e os três indivíduos detidos pela GNR e  presentes ao juiz no Tribunal de Santo Tirso.

Através de comunicado, Micaela Oliveira confirmou ter apresentado uma queixa-crime por extorsão evidenciando que os factos são do foro privado e familiar relacionados com a sua filha, de 18 anos.

«Devido a uma situação de foro privado, em nada associado à minha profissão, pela qual sou conhecida, fui obrigada a efetuar uma queixa-crime, mais precisamente no âmbito da extorsão, o que deu origem ao competente processo judicial, o qual seguirá os seus trâmites junto do tribunal», esclarece a estilista conhecida por vestir muitas celebridades como Diana Chaves e Rita Pereira.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção