Nacional
Tribunal absolve mãe do menino desaparecido na Madeira
Menino de 18 meses desaparecido na Madeira [Foto: Facebook]
Redação Lux em 16 de Fevereiro de 2017 às 14:59

O Tribunal da Instância Central da Comarca da Madeira absolveu hoje a mãe do menino que esteve desaparecido na Calheta, na Madeira, em 2014, que estava acusada dos crimes de rapto e tráfico de pessoas.

O coletivo presidido pela juíza Carla Menezes considerou que “nenhuma prova permite concluir que os acontecimentos [relacionados com o desaparecimento da criança] sucederam na forma como veio descrita na acusação”.

“Inexistindo prova cabal” do envolvimento da mãe do menino no desaparecimento do filho, “o tribunal não tem outra alternativa” e decidiu, “lançando mão do princípio jurídico do ‘in dúbio pró reo’, absolver” a arguida, disse a juíza.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção