Nacional
Joana Amaral Dias lança Sonhos Públicos
Joana Amaral Dias Fotos: Tiago Frazão
Redação Lux em 16 de Abril de 2018 às 10:01

Joana Amaral Dias lança o livro "Sonhos Públicos O Imaginário Colectivo em 100 Filmes do Século XXI", um livro em que procura perceber melhor porque é que zombies & vampiros são um fenómeno do cinema do século XXI, porque é que gostamos de terror e melodramas se, na «vida real», evitamos medo e sofrimento ou como é que o cinema lida com o politicamente correcto, o consumismo, a influência dos “mass” media.

A autora espreita por outra janela Mulholland Drive, Birdman, The Royal Tenenbaums, Disponível para Amar, Inteligência Artificial, Meia-Noite em Paris, Kill Bill, Dogville, O Lobo de Wall Street, Cidade de Deus, O Despertar da Mente ou Memento.

"Pensar os filmes é ganhar perspectiva sobre as pessoas e a sociedade. Este livro é a exemplificação, com uma extrema inteligência, disso mesmo. Pequenos textos sobre uma centena de filmes de agora, mas cujas referências nos fazem atravessar, num jogo permanente entre o presente, o passado e o futuro, praticamente toda a História desta tão recente e tão aglutinadora arte. Em cada um deles, a Joana dá-nos a descobrir pontos de vista, reflexões que nos escaparam e que nos demonstram que cada filme é um manancial de surpresas, que muito nos ajudam a trazer à superfície algo escondido, talvez pequenos rastos do nosso inconsciente", escreve o produtor Paulo Branco, no prefácio.

O livro Sonhos Públicos,  , que será apresentado pelo escritor Valter Hugo Mãe e o director do Correio da Manhã, Octávio Ribeiro, na próxima quarta-feira, 18 de Abril, às 18h30, na FNAC do Vasco da Gama.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção