Nacional
Assediada aos 10 anos, Inês Herédia dirige carta a Catherine Deneuve
Inês Herédia - Lançamento Casal Garcia Sangria Branca Foto: Divulgação
Redação Lux em 17 de Janeiro de 2018 às 16:11

A atriz Inês Herédia revelou, numa carta aberta, ter sido vítima de assédio sexual com apenas dez anos de idade.

“A situação durou uns três meses, e eu, uma criança de 10 anos que só pensava em jogar ténis e em fazer ginástica rítmica, fui confrontada pela primeira vez com o sexo".

A atriz dirige a carta a Catherine Deneuve, uma das 99 mulheres que assinou uma carta aberta publicada recentemente em que chamavam a atenção para a repressão das liberdades dos homens elogiando valores como cavalheirismo e fazendo uma ode à liberdade e sedução.

A carta, assinada por várias artistas francesas, manifesta-se contra um "feminismo que, além de denunciar o abuso de poder, incentiva um ódio aos homens e à sexualidade".

Inês Herédia, sentindo-se lesada, descreveu num artigo publicado na plataforma Capazes uma situação de assédio por que passou aos 10 anos.

"Demorei três meses até ganhar coragem para contar aos meus pais. Sabe porquê, querida Catherine? Porque, na minha cabeça inocente, achava que a culpa era minha e tinha uma vergonha GIGANTE”, escreveu a atriz.

Leia aqui o artigo de Inês Herédia

Leia aqui a carta original das intelectuais francesas publicada pelo Le Monde 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção