Nacional
Sónia Brazão condenada a três anos de pena suspensa
Sónia Brazão á chegada ao tribunal de Oeiras 22 novembro 2013 Foto: Lusa
Redação Lux  com Vanessa Barros Cruz em 22 de Novembro de 2013 às 15:27
Sónia Brazão foi agora condenada a três anos de pena suspensa no processo em que era acusada de «libertação de gases asfixiantes por conduta negligente com intenção de pôr termo à vida».

Foi considerado que a atriz quis suicidar-se e agiu «com negligência» mas não ficou, no entanto, provado que tenha agido com a consciência de que isso poderia causar danos a terceiros.

Sónia Brazão terá, contudo, que pagar uma indemnização cujo valor ainda se desconhece.

Ficou ainda estipulado que a atriz vai receber acompanhamento psicológico e psiquiátrico para evitar que «regresse ao estado depressivo».

Á saída do tribunal, a atriz, abalada com a sentença, referiu apenas: «A Justiça é uma questão de pontos de vista»

Recorde-se que o Ministério Público pedia uma pena de prisão não inferior a quatro anos para Sónia Brazão, por considerar que a atriz, numa tentativa de suicídio, provocou a explosão do seu apartamento de Oeiras, em 2011.
Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
Comentários

pub
Mercado
pub
Outros títulos desta secção